Créditos: REUTERS/Peter Cziborra

De acordo com o chefe da Red Bull, acidente entre Verstappen e Hamilton custou $1.8 milhões para a empresa

Christian Horner também critica Lewis Hamilton pelo nível de comemoração com a vitória.
Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter

A colisão entre Max Verstappen e Lewis Hamilton, no GP da Inglaterra, em Silverstone, causou um prejuízo de $1.8 milhão (cerca de R$9 milhões) para a Red Bull, de acordo com coluna publicada no site oficial, nesta sexta-feira (23). Christian Horner, chefe da equipe, voltou a criticar o piloto da Mercedes pelo toque que resultou no acidente e abandono do holandês da corrida.

No texto, Horner explica como um caso como esse pode causar grandes ramificações no teto orçamentário, implantado pela Fórmula 1 neste ano. Ele também critica a comemoração de Hamilton no pódio, visto que Verstappen ainda estava no hospital passando por exames.

Max e Lewis disputavam a primeira posição, na primeira volta do GP, quando o heptacampeão mundial tocou o adversário na curva Copse, que parou na barreira de pneus, em uma pancada de 51G.

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter

veja também

Comentários estão fechados.