Denis Gahyva / Wikimapia

Criança é atacada por pitbull sem focinheira na Praça da Liberdade

Barbara Marques passeava com sua família pela Praça da Liberdade, nesta sexta-feira (27), quando um cachorro da raça pitbull atacou seu sobrinho, de 8 anos, que andava de patins, derrubando-o no chão e, por pouco não aconteceu uma fatalidade. Segundo Barbara, o tutor do cachorro conseguiu chegar a tempo de retirar o cachorro de cima do menino com um chute, impedindo-o de mordê-lo.

Perto dali havia aproximadamente cinco agentes da Guarda Civil que acompanharam o caso e, “somente observaram a situação”, não agindo contra o tutor do cachorro que estava sem focinheira. Esta foi a afirmação de Barbara e de seus familiares que não se sentiram seguras após o episódio.

A mulher afirma que os agentes se dedicaram a apoiar o homem que não sofreu nenhuma repressão ou orientação. Ainda, de acordo com Barbara, a praça estava cheia de crianças que corriam o mesmo risco que seu sobrinho, e nenhum agente público sinalizou a gravidade para o tutor do cachorro que não utilizava focinheira, item obrigatório para cães ferozes em locais públicos.

Não foram a favor da gente, os guardas ainda falaram que não ia adiantar a gente ir na delegacia fazer o B.O poque eles tinham mais testemunhas. E que não eram pra gente filmar se não iam processar a gente”, detalhou Barbara explicando a atitude de um dos agentes da Guarda Civil.

De acordo com a Lei Estadual, nº 3205, de 09 de abril de 1999, parágrafo 1º, “a circulação de animais ferozes nos locais referidos no inciso II deste artigo será permitida desde que conduzidos por maiores de 18 (dezoito) anos através de guias com enforcador e focinheira apropriados para a tipologia racial de cada animal”. Segundo o texto, o tutor do animal descumpriu a lei e, conforme relatos, os agentes da Guarda Civil teriam sido coniventes.

O Giro Serra entrou em contato com a Prefeitura de Petrópolis, na noite desta sexta-feira, para apurar os fatos e tentar esclarecer o motivo dos agentes não terem se manifestado conforme pede a lei, mas até a publicação desta matéria não havíamos recebido resposta.

Crédito da foto: Denis Gahyva / Wikimapia

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

veja também

32 Comentários

Maria 28/12/2019 - 18:13

Patriarcado defende agressor, condenando a vitima à dupla injustiça da impunidade
Se o cão tivesse com uma mulher, seria diferente❓❗

Resposta
Renato 28/12/2019 - 18:31

Tenho sempre dado muita credibilidade ao portal giro porém essa reportagem me decepcionou, pois conheço a cadela o dono e sei da real situação, essa cadela brinca série com minha filha de 3 anos que não mora com ela ou seja de forma alguma ocorreu o que foi falado e por ser visível isso a guarda não interviu, outra coisa notória foram as palavras dela contra o tutor demonstrando interesse $$$ , infelizmente como muitas pessoas querendo se promover as custas de gente honesta.
#decepcionadocomgiroserra.

Resposta
Maria de Lourdes 28/12/2019 - 19:18

Renato, teu texto está redigido de me maneira incompreensível. Entretanto, para casos como este, existe lei que deve ser cumprida

Resposta
Marcos Roberto 29/12/2019 - 19:28

Aqui em São Paulo tinha 6 cachorros num terreno de uma propriedade particular e a dona do terreno vem e fala que não era dona dos cachorros, mas só que eles mataram uma criança e feriu um rapaz e agora como que fica a família ,vamos deixar de ser ipocritas pois esses cachorros são perigosos , se colocar aqui tudo que já aconteceu não vai ter espaço para escrever…

Resposta
Alvaro 28/12/2019 - 22:36

Não conheço a cadela nem o dono. Mas essa história ta muito esquisita. Pra mim essa cadela queria brincar. Sei pq brinco de pegar com os meus. Segundo se ninguém se revoltou e pq realmente a cadela não oferecia risco. Terceiro essa mãe ai ta obviamente querendo q a opinião pública compre a dela. Quer processar alguém.

Resposta
Maria 28/12/2019 - 18:46

E nem vão responder…de 100% dos guardas so 5% presta de resto são todos preguiçosos e grosseiros e ignorantes das leis…tinha que a acabar a estabililidade pq ai demitia esses bando de preguiça e contratava sangue novo

Resposta
Ronaldo 28/12/2019 - 19:32

Acredito que a Lei foi feita para ser seguida e se o Animal se enquadra no requisito da mesma deveria estar com as proteções necessárias. E se não estava seu responsável precisa sim ser responsabilizado mesmo que isso o custe $$$.

Resposta
Andréa Oliveira 28/12/2019 - 21:47

GENTE É UM PITBULL E NAO UM COELHINHO!! MANSO OU NAO TEM QUE USAR FUCINHEIRA!!!!

Resposta
cassia 30/12/2019 - 02:04

vdd falou tudo

Resposta
Ana 28/12/2019 - 19:01

No mínimo o tutor é funcionário da guarda municipal, BM ou conhecido de algum deles.
Será assim que os pets perderão os direitos adquiridos.
Todas as semanas são no mínimo 3 pessoas atacadas por pets soltos.

Resposta
Maria de Lourdes 28/12/2019 - 19:04

Será que foi o mesmo que atacou meu vira lata, atacou minha filha e também um idoso que teve o braço dilacerado e, da mesma forma, nenhuma providência foi tomada?

Resposta
Marcos Roberto 29/12/2019 - 19:35

Aqui em São Paulo está acontecendo direto , mas a polícia ou a guarda municipal agi rápido porque eles são treinados e também tem família pois pode acontecer com qualquer pessoa e vou dá uma dica a essa corporação do Rio de janeiro ,fazem a coisas com amor e para os cidadãos pois são nossos impostos que pagam seus salários..

Resposta
Newman 28/12/2019 - 19:08

Estou chocada com essa notícia, porque conheço essa cadela, é muito dócil ,nao faz mal a uma mosca ,já tirei foto dela com minha minha neta pequena ,ela até quiz montar nela tipo cavalinho, e ela não reagiu, puxou orelha, abraça, puxa o rabo e nada acontece,só lambe ela, essa senhora me passou a impressão que queria se dá bem$$$$$$, como não deve ter conseguido, está criando este estardalhaço, acho isso de uma falta de caráter ímpar, e me admira o portal giro serra ,ter tomado a fantasia dessa senhora com sensacionalismo. Lamentável um portal até então respeitado por sua credibilidade, fazer esse jogo com essa senhora ,que bom que ainda existe justiça nessa cidade!

Resposta
cassia 30/12/2019 - 02:13

Vcs acham q a mulher ia inventar q a cadela foi p cima d menino gente, eu em a cachorra n estava acompanhado estava so , tanto q o proprio dono veio intervir q ela mordesse o menino.E outra independente d ser docio ou nao tem q usar os equipamentos necessarios p n morder sim , n so os pit buls mas qualquer outra raca brava.Povo ainda quer defender mds.Ta errado tem q falar eu em.Queria v se fosse familiar d quem ta defendendo ai rummm…

Resposta
Mauro Bastos 28/12/2019 - 19:16

Sou criador de Pitbulls com mais de 25 anos de experiência e posso afirmar que não se pode dar margem a esses acidentes. Custa andar com mordaça? Para aqueles que dizem que sim, penso que essa confiança cega só termina quando vêem seu animal “manso e carinhoso” com alguém entre os dentes. Como aconteceu comigo a muitos anos atrás. Hj passear com meus cães em via pública só com a devida proteção! Abraços…

Resposta
Silvio Carlos 28/12/2019 - 21:41

Parabéns pelo seu relato. Mesmo sendo um apreciador da raça pit bull, não deixa de ser uma pessoa extremamente coerente em relação a segurança do próximo e em relação ao comprimento da lei. Parabéns!!!

Resposta
Aldo Alves 29/12/2019 - 18:17

Mauro Bastos, seu comentário é luz para clarear os comentários escritos. Você tem experiência, cria e usa os equipamentos. Parabéns!

Resposta
adilson 28/12/2019 - 19:23

Boa tarde eu tenho um pitbul e um cão muito dócil e a adora crianças talvez oque fez o cão atacar a criança pode ter sido o barulho da roda do patis pois eles tem a audição muito senível as pessoas tem que para de atacar a rasa meu filho foi atagardo duas vezes por vilarrata

Resposta
Paulo 28/12/2019 - 19:30

Pra me mim tem eliminar esses cachorros, pois não faz parte ou acrescenta nada na cadeia alimentar. Raça inútil.

Resposta
Junior 28/12/2019 - 22:46

Raça inútil é a sua !!!!
Pessoas são bem piores que os animais…..seu trouxa!!!

Resposta
Newman Regina 28/12/2019 - 19:30

Está cadela é super manda, tirei foto com ela com a minha calopsita na cabeça dela, minha neta brinca com ela sempre que encontra com ela ,quer até brincar de cavalinho ,só que a cadela sai e eu não deixo ela montar pode fazer mal pra cadela .Ela é um doce ,com certeza ela só queria brincar, acredito que não e para essa senhora fazer essa palhaçada toda, acredito que ela pensa que o dono tem $$ , coitada ! O que mais me admiraé esse portal Giro, que até então parecia um canal de notícias sérias , entrar nesse jogo de sensacionalismo e interesse.

Resposta
Thiago 28/12/2019 - 19:31

Maria me impressionou o seu conhecimento de leis, a estabilidade de servidor público é direito adquirido, ou seja se acabar a estabilidade não atigiria aqueles servidores já em exercício e sim aqueles que ainda entrariam para o serviço público!
ACHO QUE NÃO É SÓ OS GUARDAS QUE DESCONHECEM AS LEIS!

Resposta
João 28/12/2019 - 19:33

Tem que matar os cachorros agressores é prender os donos por no mínimo dez anos

Resposta
Ednilson 28/12/2019 - 21:10

Sou a favor de eliminar pit bulls no Brasil….matar mesmo.

Resposta
LINDOMAR DA SILVA VASCONCELOS 28/12/2019 - 21:18

ele está errado tem que andar com focinheira. O tutor é um irresponsável. .Tem que andar armada.no caso como esse.da logo um tiro na cara do tutor.só assim aprende a respeitar.a lei.andar com focinheira

Resposta
Alvaro 28/12/2019 - 22:31

E vc tem razão. Quer punir um delito. Com um crime de assassinato. Vc que devia andar de focinheira.

Resposta
Alvaro 28/12/2019 - 22:29

Vai caçar uma trouxa de roupa suja p lavar. Essa história ta muito mal contada. E vc problematizando ela com teorias deconspiração feminazi.

Resposta
Josefa 28/12/2019 - 23:08

Seria bom nesse caso também exterminar a raça humana pois é a pior q existe….

Resposta
Amante de animais 28/12/2019 - 23:18

Estão de boa pq o cão não fez nada com essa criança
Mas lembrando que a animais tem instinto e podem atacar por mais dócil que seja.
A lei é para todos e tem que ser seguida
Simples assim.
Eu cuido de um dog que nunca tinha mordido , nem características agressivas tinha, um dia ele passou por uma situação de nervoso e se defendeu
Como disse por mais manso que seja, tem instinto e um dia pode atacar.

Resposta
Alípio 28/12/2019 - 23:18

Boa noite galera, eu tenho 3 pitbull são todos dóceis, todo final de semana estou com eles no parque do Carmo, solto , todo mundo brinca com elas ,principalmente as crianças . Nunca tentou “acatar” ninguém e pelo amor, vamos parar com esse preconceito. Não importa se é pitibull ou qualquer outra raça, quem faz o cachorro é dono .Tanta gente matando pessoas inocentes e ninguém faz nada, liga a televisão no jornal e só tem desgraça e agora vocês querem “exterminar ” pitibull no Brasil..que mundo que a gente vive , vamos parar com isso , até parece que a gente são os animais e os animais são os seres humanos.

Resposta
Mateus 29/12/2019 - 17:23

Isso aí tem de andar armado por que se acontece isso de o cão atacar as pessoas da logo um tiro na cara do tutor e do cachorro tbm

Resposta
Debora 01/01/2020 - 17:45

Estava na praça da liberdade passeando com meu filho quando me chamou atenção a confusão. Não presenciei a cena do cachorro com a criança, mas vi a mulher arrumando um tumulto com os guardas municipais e com o dono dos cachorros. Ela estava bastante alterada e os guardas tentavam acalma lá para conversarem. Como disse não presenciei o possível ataque, porém os cães que permaneciam no local com o dono eram extremamente mansos, várias pessoas passavam e brincavam com eles. Quanto a serem Pit Bulls e terem que usarem fucinheira acho uma tremenda iguinorancia pois ja vi muitos Pincher , yorkshires e outros cães de porte bê menores atacarem pessoas e até mesmo outros cães. Vai dá responsabilidade do tutor analisar o temperamento do seu animal e caso ofereça alguma agressividade nem sair com eles para a rua. Os animais não tem culpa e nem devem serem taxados de agressivos ou perigosos somente por serem de determinadas raças.

Resposta

Leave a Comment