Campeã brasileira na expectativa para prova de mountain bike

Interior mineiro vai receber em agosto competição de XCO

Por Roberto Marcio

 

O Hotel Chácara, em Santa dos Montes, em Minas Gerais, será palco de uma prova de mountain bike XCO (olímpico) nos dias 15 e 16 de agosto.

Embora não oficial, se trata de um desafio em que reunirá alguns dos melhores pilotos do país e a cidade de Petrópolis terá como um dos seus representantes a atual campeã brasileira juvenil, Giuliana Salvini Morgen, a Giugiu, que aproveitou o período de pandemia para aprimorar sua técnica e velocidade.

Apesar da pandemia do coronavírus, Giugiu não deixou de treinar. Foi montada uma pequena estrutura em sua residência para manter a forma durante o período de quarentena e, eventualmente treinava em trilhas aos arredores dos distritos de Petrópolis, tudo com muito cuidado para evitar uma contaminação.

A campeã, inclusive, viu até uma vantagem neste período para ficar em forma para logo assim que as atividades retomassem no mountain bike. “Como não tive aula, sobrou um pouco mais de tempo para treinar”, disse Giugiu, que não vê a hora de voltar a disputar o lugar mais alto do pódio.

E este dia está para chegar: a pequena Santa dos Montes receberá mais de 70 bikers de várias partes do país para a tradicional corrida que acontece no local. A pista, inaugurada há dois anos, é elogiada pelos pilotos e a menos que a Prefeitura local decida impedir a sua realização, a prova de XCO acontecerá em dois dias.

Um detalhe importante é que Giugiu vai competir na categoria elite, apesar de ter apenas 16 anos. Isto, aliás, está se transformando em uma rotina na sua meteórica carreira de mountain biker, já que normalmente não há adversárias sequer à altura, dentro da sua faixa etária, na maioria das provas que disputa no Brasil.

A última prova disputada foi uma vitória na categoria Júnior Feminino, o Abierto NOA XCO, que aconteceu no dia 23 de fevereiro, na cidade de San Pedro de Colalao, província de Tucuman, Argentina. Com o resultado, a primeira vitória do ano, a mountainbiker petropolitana começa a contar pontos para o ranking da UCI Juniors World Series XCO no calendário 2020, um de seus principais objetivos da temporada.

Torcida para que a Copa Internacional aconteça em Petrópolis este ano

Já em relação a segunda etapa da Copa Internacional de mountain bike, que está programada do dia quatro a seis de dezembro no Vale do Cuiabá, em Petrópolis, a piloto que é a cara da nova geração do mountain bike local disse torcer para que a famosa prova não seja adiada. Ela acredita que até o final do ano vai ser possível, com todos os protocolos, a realização da competição, que conta pontos para o ranking internacional da UCI.

Como começou sua trajetória no esporte no ciclismo radical

Giugiu, como é conhecida no universo MTB, apesar do DNA, só começou a competir em 2017. No seu calendário de estreia, faturou, na categoria sub15/infantil, a CIMTB – Copa Internacional de MTB –; a Maratona Internacional Estrada Real – Percurso reduzido; o Campeonato Estadual do Rio de Janeiro, Taça Brasil de Maricá-RJ (Infanto-juvenil), e o vice no Campeonato Brasileiro de XCO.

Na categoria juvenil, Giugiu desfilou em 2018 conquistando os principais títulos nacionais – Campeonato Brasileiro, Taça Brasil, Maratona Estada Real e CiMTB – além liderar o ranking juvenil feminino durante todo ano. Em 2019, passou a temporada em alto desempenho, ao mesmo tempo em que se preparava para a mudança de categoria – a Júnior, que disputa a partir de 2020.

Dentre os eventos do calendário nacional de MTB XCO, começou a temporada vencendo a 25ª Intercity, além das primeiras etapas da Oggi Marathon Cup e da Taça Brasil, em fevereiro. Em maio, ganhou o Campeonato Brasileiro de Short Track, na categoria Open feminino, dentro do Sense Extreme Days, em Lagoa da Prata. Em julho, levou o bicampeonato Brasileiro na categoria juvenil feminino e, em agosto, o bicampeonato da CiMTB Michelin.

No exterior, em abril, Giugiu conquistou o bicampeonato Pan-americano, na categoria Cadete e, em sua primeira incursão fora das fronteiras latinas, venceu a prova feminina na Sea Otter, na Califórnia (EUA), na categoria juvenil. Participou, ainda, da terceira e quinta etapas da Swiss Bike Cup, no qual pode comparar seu desempenho com as melhores europeias de sua categoria. No início de setembro, venceu a Copa Quebec, na categoria Cadete Feminino, disputada em meio à programação do Campeonato Mundial de MTB XCO, Mont Saint-Anne, no Canadá. Giuliana Morgen faz parte do casting da Sense Factory Racing.

Giuliana Salvini Morgen, da equipe Sense Factory Racing conta com o patrocínio da Sense Bike, Fox Factory, Shimano, Michelin, ASW Bike, Sentec, Exceed, HB Team, LM Bike, Ride Box, Join The Adrenaline, Fi’zi:k e Pedal.com.br.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

veja também