Foto: Divulgação

Camarote Virtual Solidário da Agência Aids recebe doação de cesta básica até 25 de junho

Ação vai beneficiar pessoas com HIV e Aids em situação de vulnerabilidade.
Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter

O Camarote Solidário da Agência de Notícias da Aids lançou, neste domingo (6) no mesmo dia da 25ª edição da Parada LGBT de São Paulo, uma campanha digital de arrecadação de cestas básicas para pessoas com HIV e Aids em situação de vulnerabilidade que vai até 25 de junho.


O propósito do Camarote é incentivar a solidariedade e o orgulho LGBTQIA+, alinhado ao tema central da Parada “HIV/AIDS: Ame+ Cuide+ Viva+” pelos 40 anos de epidemia da aids no mundo, 25 anos da Parada é 18 anos de Camarote Solidário.

Idealizado pela jornalista Roseli Tardelli, diretora da Agência de Notícias da Aids, o Camarote virtual contou com a drag Dindry Buck, do Esquadrão das Drags, na apresentação de sete horas de entrevistas com ativistas, médicos, entidades e atividades culturais.


“Foi uma experiência nova, desafiadora e muito prazerosa”, Dindry Buck.
As entrevistas mostram a jornada de combate da aids no Brasil desde os anos 1980, dos ativistas pioneiros de Direitos Humanos e Civis aos avanços da Ciência, passando pela importância das artes.
Dr. Fábio Mesquita, médico epidemiologista que faz parte da OMS, e os infectologistas Dr. Vinicius Borges (Dr. Maravilha) e a Dra. Zarifa Khoury, comentaram os avanços no tratamento contra a Aids no Brasil e no mundo, a necessidade de investimento na ciência para estudar uma vacina contra HIV.


Um encontro emocionante reuniu as pioneiras na luta por medicamento via judiciário Nair Brito e Aurea Abadde, presidente da ONG Gapa SP.


A cultura costurou as entrevistas com registro para os ativistas, como os cartunistas. O escritor e ativista João Silvério Trevisan, comentou os 12 cartoons da exposição “Cartoon da Diversidade” com obras da Laerte, Angeli, André Dahmer, Paulo Caruso, Cynthia Bonacossa e Daniel Lafayette. Três shows trouxeram a alegria de Rita Benneditto, As Baías e a performance do DJ Tutu Moraes.


O Camarote Virtual Solidário contou com patrocinadores que acreditam na diversidade e no respeito, como ressaltou o diretor do Sesc São Paulo, Danilo Santos de Miranda. O evento teve apoio do SESC, do Senac, das farmacêuticas GSK ViiV Healthcare, Janssen e Gilead,da DKT do Brasil, de Mulheres no E-Commerce e da Secretaria Municipal de Direitos Humanos e Cidadania de São Paulo e do site Catraca Livre.


“Vamos manter a campanha para as doações de cestas até o dia 25/06. Espero que mais pessoas possam colaborar com nosso trabalho. Ajudar as pessoas nesse momento é um ato de fé e resistência!”, diz Roseli Tardelli.
Algumas palavras definem o sentimento do Camarote: solidariedade, resistência, alegria, doar, extensão e certeza.
É bem fácil doar: no site da Agência Aids tem um QR Code ou pelo link https://linktr.ee/agenciaaids.

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter

veja também

Comentários estão fechados.