Câmara aprova comissão espacial para tratar do Macrozoneamento em Petrópolis

O macrozoneamento visa constituir um referencial espacial para o uso e a ocupação do solo na cidade, de acordo com as estratégias de política urbana, dividindo as áreas de ocupação entre zona rural e urbana e estabelecendo, deste modo, o perímetro urbano.
Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter

A Câmara Municipal aprovou, na última quinta feira (10), o requerimento legislativo do vereador e Presidente da Casa, Fred Procópio, que solicita a abertura de uma comissão especial para tratar do Macrozoneamento de Petrópolis. O documento sugere que sejam indicados três membros para realização dos trabalhos, que serão realizados por 90 dias.

O macrozoneamento visa constituir um referencial espacial para o uso e a ocupação do solo na cidade, de acordo com as estratégias de política urbana, dividindo as áreas de ocupação entre zona rural e urbana e estabelecendo, deste modo, o perímetro urbano. “O objetivo é produzir um conjunto de regras que orientarão o desenvolvimento da cidade. Todas essas diretrizes servirão de base para a aplicação dos instrumentos da política urbana”, explica Fred Procópio.

A comissão terá como função definir as zonas onde se pretende incentivar, coibir ou qualificar a ocupação, levando em consideração a capacidade de infraestrutura, as condições do meio físico, as necessidades de preservação ambiental e do patrimônio histórico e características de uso e ocupação existentes. “Optei por montar uma comissão especial para discutirmos de maneira mais ampla este assunto que afeta os direitos sociais, o desenvolvimento econômico e a construção civil”, finaliza o vereador.

O pedido segue para tramitação na Casa Legislativa, a fim de instaurar a comissão.

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter

veja também

Comentários estão fechados.