Bolsonaro afirma que vacina “é do Brasil, não é de nenhum governador”

Declaração vem após presidente ter afirmado que não compraria a CoronaVac.
Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter

O presidente Jair Bolsonaro se manifestou publicamente pela primeira vez após a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) ter aprovado o uso emergencial das vacinas de Oxford e CoronaVac contra a Covid-19 no Brasil. Jair afirmou que a vacina “é do Brasil, não é de nenhum governador não”.

O recado era para João Dória, governador de São Paulo, que iniciou a vacinação no estado no domingo (17), pouco tempo após a aprovação do uso emergencial pela Anvisa, antes do início da distribuição das doses para outros estados pelo Ministério da Saúde.

Antes da aprovação da Anvisa, Bolsonario havia questionada a CoronaVac várias vezes, inclusive suspendendo um acordo entre Ministério da Saúde e Butantan para a compra de 46 milhões de doses do imunizante.

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter

veja também

Comentários estão fechados.