Animal que se regenera após ter cabeça cortada é encontrado por cientistas

Animal tem capacidade de recuperar parte perdida do corpo.
Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter

A auto amputação, ou autotomia, é um fenômeno conhecido em diversos organismos. Desta forma, diversos répteis podem desprender uma parte de sua cauda, e alguns insetos as suas patas, para escapar de seus predadores. Em certas espécies, as partes mutiladas crescem novamente.

Em um estudo publicado na revista Current Biology, uma equipe de cientistas japoneses descreve algo ainda mais impressionante: a regeneração completa de todo o corpo auto amputado nas lesmas marinhas Elysia f. marginata.

O estranho comportamento destes moluscos foi descoberto casualmente em um laboratório durante uma inspeção de rotina pela bióloga Sayaka Mitoh, que notou que a cabeça de um nudibrânquio se havia separado do corpo e continuava se movendo.

Ao ser decapitada, a cabeça do animal se desloca rapidamente em torno do resto do organismo. Ao se aproximar do corpo e tocá-lo, este também se move reflexivamente, respondendo a estímulos durante vários dias ou meses.

As lesmas jovens foram capazes de regenerar todo seu corpo em menos de três semanas. As causas da autotomia ainda são desconhecidas. Uma possível explicação é que ocorre para combater parasitas que inibem a reprodução das lesmas.

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter

veja também

Comentários estão fechados.