O juiz federal Marcelo da Costa Bretas vai receber, nesta quinta-feira (14), a Medalha Tiradentes – maior honraria concedida pela Assembleia Legislativa do Rio (Alerj). Proposta pela deputada Alana Passos (PSL), a homenagem será entregue às 10h, em cerimônia no plenário Barbosa Lima Sobrinho. 

 

Na ocasião, o juiz responsável pela Lava-Jato fluminense também será agraciado com o título de Benemérito do Estado do Rio, proposto pela deputada Rosane Felix (PSD) e aprovado na sessão desta terça-feira (12).

 

Titular da 7ª Vara Criminal Federal, Bretas ganhou notoriedade por ser responsável pelas prisões do ex-governador do Rio Sérgio Cabral (MDB) e do empresário Eike Batista. Conhecido como “Sérgio Moro carioca”, ele também chegou a assinar, em março desse ano, o pedido de prisão do ex-presidente Michel Temer (MDB).  

 

“O juiz federal Marcelo Bretas tem tido um incansável trabalho para combater a corrupção e o crime organizado. Com coragem e conduta ilibada, presta grandes serviços à sociedade e merece ser reconhecido com a maior honraria do legislativo do Estado”, afirma a deputada Alana Passos. 

Crédito da foto: Custódio Coimbra / Agência O Globo