Alerj desiste de mudar nome do Maracanã para Rei Pelé e irá pedir a governador para vetar projeto

A mudança de nome foi proposta e aprovada pela própria Alerj no mês passado, mas sofreu críticas.
Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter

A possível mudança de nome do Estádio do Maracanã para Rei Pelé, que já tinha sido aprovada pela Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj) e só precisava da sanção do governador em exercício Cláudio Castro, não deve mais ocorrer. A Alerj desistiu da proposta e pediu o veto do projeto.

O anúncio foi feito pelo presidente da Casa, André Ceciliano (PT), nesta terça-feira (06). Ele disse que irá enviar um pedido de desistência ao governador Cláudio Castro. Ceciliano é um dos autores do projeto, que mudaria o nome do Maracanã para “Edson Arantes do Nascimento – Rei Pelé”. A ideia, segundo ele, era homenagear Pelé em vida.

A mudança de nome foi proposta e aprovada pela própria Alerj no mês passado, mas sofreu críticas. Em reunião com líderes partidários, Ceciliano disse que não tinha problema em recuar.

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter

veja também

Comentários estão fechados.