Petrópolis abre o Natal Imperial daqui a uma semana, na próxima quinta-feira (14.11), com o acendimento das luzes e apresentações de música. A solenidade de abertura acontece no Palácio de Cristal, a partir de 19h, com entrada gratuita. O ponto turístico é um dos principais palcos da festa e recebe a Casa do Papai Noel com uma decoração especial em todo atrativo, voltada para as crianças, e ainda gastronomia. Serão 60 dias de festa até 12 de janeiro com o clima de Natal espalhado pelos quatro cantos da cidade.

O prefeito Bernardo Rossi vai abrir oficialmente a festa. No dia, se apresentam o Coral de Sinos e o Coral Jovem do IPAE, o Vocal Somos Um e a orquestra Compasso Jazz Band. A entrada é gratuita. Além do Centro Histórico, que está recebendo a montagem da iluminação e cenografia com milhões de microlâmpadas espalhadas por prédios e árvores, os distritos também entram no clima, com decoração espalhada por diversos bairros. Além disso, a programação cultural completa a festa.

“Estamos às vésperas de uma das principais festas do município e temos certeza de que será novamente um sucesso. É um evento que movimenta a cidade como um todo, em uma época muito especial, que é a de Natal”, frisa o prefeito Bernardo Rossi. “Comércio, restaurantes, hotéis já estão se preparando para receber um grande número de turistas, que chegam atraídos pela programação de Natal da cidade. Isso movimenta a nossa economia”, completa o secretário da Turispetro, Marcelo Valente.

Com mais de R$ 300 milhões injetados na economia e 450 mil visitantes na última edição, Petrópolis já está na reta final com os preparativos do evento deste ano. Na edição de 2019, a festa vai contar com 40% a mais de iluminação em relação ao ano passado, com o aumento da decoração nos bairros, um pedido de comerciantes e moradores. O evento já está consolidado no calendário de eventos do município.

“É uma festa encantadora, voltada para toda a família. Esperamos que os petropolitanos e turistas aproveitem toda a programação do Natal”, frisa o diretor-presidente do Instituto Municipal de Cultura e Esportes (IMCE), Marcelo Florencio.

Fonte: Turispetro