Processed with VSCO with c6 preset

Abertas as inscrições para o edital da Cultura

Já estão abertas as inscrições para o edital lançado pelo Instituto Municipal de Cultura e Esportes (IMCE) que vai selecionar até 100 projetos de apresentações culturais pela internet. Artistas interessados – dos diversos segmentos culturais, como música, dança, teatro, entre outros – podem se inscrever até o dia 04 de junho pelo site da prefeitura: http://www.petropolis.rj.gov.br/. Cada projeto selecionado vai receber R$ 1.200. É uma forma de não só oferecer entretenimento para a população com produções petropolitanas, como, principalmente, aquecer a cadeia produtiva local da cultura.

Também esta semana, dentro das ações do IMCE neste período de isolamento social, será lançado o projeto “A casa é sua. Pode entrar!”, que é um programa de entrevistas produzido e apresentado pelo músico petropolitano Breno Morais com o apoio da prefeitura. Serão quatro programas semanais pela internet e o primeiro começa nesta quinta-feira (21.05).

“O setor foi um dos mais prejudicados com a pandemia do coronavírus e a expectativa é de que eventos com aglomeração de público só retornem conforme a curva da doença na cidade for estabilizada. Por isso ações para o setor são muito importantes neste momento”, explica o prefeito Bernardo Rossi.

Atualmente, as produções estão paralisadas, além de museus, teatros e o Centro de Cultura Raul de Leoni fechados.  “Petrópolis sempre respirou cultura. Temos muitos artistas na cidade e é um dos setores que está precisando de ajuda neste momento. O edital e o programa com entrevistas com os artistas são uma forma de valorizarmos a classe, dar uma ajuda neste momento tão complicado para todos e ainda levarmos as produções locais para a casa dos petropolitanos. E temos outros projetos já sendo preparados”, completa o diretor-presidente do IMCE, Renato Freixiela.

Como participar do edital

O objetivo do edital que vai selecionar os 100 projetos é fazer com que a oferta de conteúdo cultural continue através das plataformas digitais. Serão aceitos projetos apresentados em formato de vídeo com até 50 MB e no mínimo de 15 e máximo de 30 minutos com conteúdo cultural que seja desenvolvido por agentes do município. O link para as inscrições é: http://web2.petropolis.rj.gov.br/imce/fiqueemcasacomcultura/.

O vídeo deverá ser produzido individualmente, ou no máximo por dois artistas, desde que residam no mesmo endereço, e mediante apresentação de comprovante de residência de ambos. A seleção de projetos culturais será realizada em duas categorias: projetos que sejam desenvolvidos especificamente para o edital ou vídeos já veiculados anteriormente, desde que apresentados nos formatos estabelecidos pelo edital.

Poderão se inscrever ainda projetos de leitura dramatizada; recital; contação de histórias; filmes; animações; palestras sobre conteúdo cultural; entre outros. Os projetos deverão ser enquadrados em uma das seguintes áreas: Artesanato, Artes Plásticas/Visuais, Audiovisual, Bandas Marciais, Canto Coral, Culturas Afro-brasileiras, Indígenas e Populares, Cultura Germânica, Cultura Urbana, Dança, Escolas de Samba e Blocos Carnavalescos, Literatura, Música, Teatro ou Patrimônio Histórico.

A seleção será conduzida pelo DELCA – Departamento de Licitações e Contratos Administrativos da Prefeitura Municipal de Petrópolis, sendo que a análise técnica dos projetos será realizada pela comissão de avaliação formada por servidores do IMCE.

“A casa é sua. Pode entrar!” estreia esta quinta-feira

Nesta quinta-feira (21), o músico João Felippe, um expoente nacional da Guitarra Baiana, e a cantora musicista e compositora Barbara Paiva são os primeiros entrevistados do programa “A casa é sua. Pode entrar!”. O vídeo estará disponível no canal do Home Studio Casa 08, no Youtube, e também no Facebook da Prefeitura de Petrópolis.

Em tempos de covid-19, unindo as pessoas mesmo a distância, músicos e DJs fazem as suas “Live Sessions” em varandas, janelas, quintais e terraços. Vídeos produzidos com celular em quartos e salas rodam o mundo. Tendo como inspiração todo esse movimento, foi criado o programa, que tem como objetivo conectar ainda mais os músicos de Petrópolis com o público em suas casas.

“A ideia é que os artistas convidados falem um pouco da sua trajetória e da ligação que têm com a nossa cidade. É uma oportunidade do público matar a saudade e ter dentro da sua casa, no seu celular ou outro gadget, um pouco da fartura musical que já é marca registrada de Petrópolis”, explica Breno Morais. “É um projeto muito bom. E mais uma forma de interagir com a cultura de Petrópolis. Esse programa será um legado”, acrescenta o diretor-presidente do IMCE, Renato Freixiela.

Durante o programa, o músico vai falar um sobre cada convidado e os dois fazem um pocket show. Os próximos programas vão contar com outros artistas, como Saulo von Seehausen (Músico e produtor),  Gustavo Gastão (Músico e produtor), Dj Vitor Ventura, Dj Jimmy Souza, Rik Oliveira (Musico Cantor e compositor ) e Gustavo Tibi (Musico Cantor Ator Compositor).

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

veja também