A hora e vez da cultura pop

Sejam bem-vindos, pois a partir deste momento, estamos num caminho sem volta.
Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter

Por Edgar Borges – Pop Fun

Estamos num caminho sem volta. Sim; deste ponto em diante, não há mais retorno.

Assim é a cultura pop, senhoras e senhores, cheia de curvas, desvios, altos e baixos, de caminhos imprevisíveis, mas cada vez mais atrativos. Dar um passo para dentro deste universo, significa não olhar para trás, esquecer os desabores e desgostos do cotidiano, mesmo que seja por breves momentos. Afinal, qual de nós nunca se imaginou celebrando vitórias ao lado dos Vingadores, ou defendendo a Terra junto da Liga da Justiça ?

 Mais do que momentos de catarse, a cultura pop se expande não apenas através das produções de cinema e/ou TV, hoje, os serviços de streaming ajudam a impulsionar e criar mais e mais camadas de discussão, de algo que nos une, nos provoca paixões e repulsa ao mesmo tempo.

 O universo dos super heróis e heroínas deixou de ser apenas preto e branco, para tornar-se, cinza, verde, azul, amarelo, vermelho, rosa, e todas e quantas cores forem necessárias para descrever as nuances e traços de caráter e personalidade dos mesmos, tornado, até, empático o ponto de vista de alguns de seus vilões. Ênfase no empático, que muito difere de defensável ou justificável. Compreendemos o porquê da ação, mas, não concordarmos com ela.

 Se em tela já percebemos todos estas nuances, imagine nas páginas dos livros, onde a riqueza do detalhamento é muito maior, e a imaginação e a criatividade do leitor são as principais forças motrizes. Autores e autoras de sucesso têm elevado cada vez a barra da qualidade com suas ideias e séries, além aguçar novas gerações à estas jornadas sem fim.

Não deixemos de fora os games, com seus mundos e tramas incríveis, além de seus avanços tecnológicos, numa indústria que fatura tanto ou mais do que o cinema. De controles simplistas, com apenas um botão e uma torre, chegamos ao ponto de uma coordenação natural, para darmos conta de até 10 botões em controles cada vez mais modernos e arrojados. De simples desafios entre amigos, vimos surgir o  fenômeno da indústria, com os E-Sports. Os gladiadores do século 21 se enfrentam em arenas lotadas, fazendo com que os adversários pereçam diante de si, apenas digitalmente. 

 Ah, vale a pena deixar bem claro que, cada vez mais, a presença feminina no cenário gamer não apenas é notada em competições, mas elas são a maioria das consumidoras desta fonte no cenário atual. Conquista que ainda não trouxe o devido e merecido respeito às guerreiras de teclados e joysticks.

 Faz-se necessário, também, mencionar os cosplayers, e suas adaptações pra lá de fiéis, de personagens amados, de quaisquer mídias que sejam. O impecável capricho destes artistas, encanta e espanta, pela fidelidade nos mínimos detalhes, nos deixando crer, mesmo que por instantes, que alguns  destes heróis e heroínas, existem de fato, em carne e osso.

 E, justamente, para falar de tudo isso e mais um pouco, que o Pop Fun adentra a família Giro Serra, com uma coluna quinzenal, que trará desde dicas de estreias, críticas, análises e muito mais. 

  Atuando nas redes sociais, Instagram, @popfunoficial , Youtube e Facebook, Pop Fun Oficial, além da atração de TV, Pop Fun TV, exibida em âmbito nacional em mais de 10 canais, o Pop Fun chega com a missão de entreter e informar ao público que aqui se encontra, e agradece ao Giro Serra, não apenas pelo espaço, mas pela parceria em prol da cultura pop.

Sejam bem-vindos, pois a partir deste momento, estamos num caminho sem volta.

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter

veja também

Comentários estão fechados.